Vereadores derrubam veto de Furlan para a criação de Memorial Virtual das vítimas da pandemia

por Sec. Comunicação publicado 05/04/2022 22h48, última modificação 05/04/2022 22h48

Durante a 9ª Sessão Plenária desta terça-feira, 5, da Câmara Municipal de Macapá, os vereadores derrubaram o veto do prefeito Antônio Furlan (Cidadania) ao Projeto de Lei nº 157/2021 – CMM, que dispõe sobre a criação de um Memorial Virtual da Pandemia da Covid-19 no sítio eletrônico da Prefeitura de Macapá.

A matéria, de autoria da vereadora Janete Capiberibe (PSB), foi defendida pela parlamentar, que justificou a importância da homenagem às vítimas e o papel da Casa Legislativa de ser guardiã desse momento traumático da nossa história. “O motivo que nos move a apresentar esse projeto é no sentido de reconhecer e homenagear todos aqueles, em especial os trabalhadores da saúde, vítimas da Covid-19. E, para evitar o desperdício de dinheiro público na construção de um espaço físico, optou-se por criar o Memorial Virtual da Pandemia da Covid-19”, defendeu Janete Capiberibe.

De acordo com a proposta, o memorial deverá conter a relação com o nome das pessoas que perderam a vida em decorrência da pandemia, com a respectiva data de nascimento e falecimento, além de dados biográficos sucintos da vítima. Deverá apresentar, ainda, a relação dos profissionais da saúde que, no exercício da profissão, faleceram em decorrência da covid-19.

“Assim, a proposta de criação do memorial tem como objetivo preservar a memória das vítimas da pandemia em Macapá, prestar homenagem às pessoas que tiveram suas vidas interrompidas em consequência da doença, registrar historicamente os óbitos e o enfrentamento à pandemia”, destacou a vereadora.

Com a derrubada do veto, a Lei é promulgada pela Câmara Municipal de Macapá e ordenada a sua execução.

Ascom/Janete Capiberibe
Fotos: Jaciguara Cruz/Rosivaldo Nascimento