Vereadora Janete Capiberibe se sensibiliza com moradores da ponte do Coqueiro ameaçados de despejo

por Sec. Comunicação publicado 10/06/2022 17h30, última modificação 10/06/2022 17h30

A vereadora Janete Capiberibe (PSB) se pronunciou na 25ª Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Macapá, nesta quinta-feira, 9 de junho, apelando as autoridades competentes para intervirem e não permitir que os moradores da ponte do Coqueiro, no Bairro Cuba de Asfalto, não sejam retirados do local. As famílias vivem há mais de 30 anos na comunidade.

Segundo o representante da comunidade, conhecido popularmente como Baixinho, o ex-senador João Capiberibe disponibilizou verbas para revitalizar as passarelas do local e, no governo de Camilo Capiberibe, foi feito o posteamento. Os moradores contribuem com a CEA Equatorial Energia, pagando seus talões de energia elétrica.

“Não é justo e nem humano, depois de uma vida inteira, tirarem suas casas que foram construídas com muito sofrimento e sacrifício. Crianças, idosos e adolescentes estão à mercê de um futuro incerto”, apelou a parlamentar.

Segundo ela, a Secretaria de Infraestrutura do Estado está disponibilizando um formulário para as famílias, e aquelas que se encaixarem dentro do processo, irão para o conjunto habitacional Miracema, localizado na Rodovia Norte/Sul. “Mas, os que não estiverem dentro dos requisitos, não sabem o que fazer. Parte dos moradores se recusa a assinar o documento, pois suas vidas estão pautadas naquele lugar”, lamentou.

Janete disse que, com a determinação de retirada das mais de 600 pessoas, vai causar um transtorno absurdo, já que não estão conseguindo vislumbrar uma saída. “Quero aqui, nessa Casa de Leis, externar minha tristeza em ver famílias inteiras sendo retiradas dos seus lares”, finalizou.

Ascom/Janete Capiberibe
Foto: Jaciguara Cruz