Secretário Jean Patrick usa a Tribuna da CMM e responde a questionamento de vereadores

por Sec. Comunicação publicado 26/05/2022 22h28, última modificação 26/05/2022 22h28

O secretário municipal de Zeladoria Urbana de Macapá, Jean Patrick Farias da Silva, usou a Tribuna da Câmara Municipal de Macapá para responder questionamentos dos vereadores sobre a situação do aterro sanitário e da contratação da nova empresa coletora de resíduos sólidos da capital. O debate foi nesta terça-feira, 24 de maio, durante a 20ª Sessão Ordinária da Casa.

Coleta – O titular da pasta destacou que o serviço de coleta de lixo em Macapá está em dia, inclusive nas áreas de ressaca onde o lixo agora é recolhido diariamente. Isso, depois da coleta apresentar problema de continuidade há pouco mais de um mês. “A falha ocorreu devido ao processo de transição de empresas. “Duas semanas antes de encerrar o contrato, o serviço deixou de ser feito pela empresa anterior, gerando transtornos à população”, justificou.

Ele também ressaltou que a Secretaria Municipal de Zeladoria Urbana (SEMZUR) disponibilizou contêineres para as áreas de ressaca, com o objetivo de ajudar as populações residentes nestes locais a ter um melhor acondicionamento e coleta do lixo doméstico. “Hoje, temos 14 novos caminhões coletores fazendo o serviço em toda a cidade”, pontou.

Jean Patrick falou ainda da instalação primeiro Ecoponto fixo para descarte de lixo eletrônico, disponível no pátio da Semzur; e do mais novo serviço - a Central do Descarta Treco - um caminhão baú que faz o recolhimento de materiais inservíveis, que antes eram descartados nas ruas, margens de canais ou outros espaços públicos. Segundo o secretário, as duas novidades vêm dando certo.

Ele relatou que como forma de valorizar a mão de obra local cerca de 80% dos trabalhadores da antiga empresa coletora de lixo em Macapá foram recontratados pela nova empresa que assumiu o serviço. “Apesar das dívidas existentes com empresas, referentes ao aterro sanitário e a coleta de lixo da cidade, estamos conseguindo avançar. A administração municipal está se empenhando na quitação desses pagamentos que somam quase 30 milhões de reais”, observou.

Limpeza – O secretário anunciou ainda que os serviços de roçagem se concentram atualmente no residencial São José, depois seguirá para os residenciais Mucajá e Açucena, além do Conjunto Residencial Cabralzinho.

Jean Patrick veio à Tribuna da CMM, a convite do vereador Alexandre Azevedo (PP), líder do governo municipal na Câmara de Vereadores, mas foi questionado pelo vereador Claudiomar Rosa (Avante), que chegou a convidá-lo por duas vezes para o uso da Tribuna, mas sem sucesso.

Secom/CMM
Fotos: Rosivaldo Nascimento/Jaciguara Cruz.