Davi presta contas dos primeiros 6 anos como senador: mais de R$ 434 milhões em recursos para Macapá

por Sec. Comunicação publicado 02/10/2021 01h48, última modificação 02/10/2021 01h48

Mais de R$ 434 milhões em recursos e obras para Macapá. Este é, em números, o resultado da atuação dos 6 primeiros anos de mandato do senador Davi Alcolumbre (DEM). A prestação de contas, uma espécie de balanço geral, aconteceu na manhã desta quinta-feira (30), durante a 23ª Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Macapá. Ele disse que fará isso em todos os municípios: “É respeito ao povo”, declarou.

Davi atendeu a um convite do vereador Marcelo Dias (Solidariedade), presidente da Câmara de Vereadores da capital. Na tribuna, o senador iniciou a apresentação pontuando que começou a vida pública como vereador de Macapá e disse que seguirá fazendo essa prestação de contas nas demais câmaras municipais do Estado.

Respeito aos vereadores

"Em 2001 tive a honra de assumir uma cadeira nesta Casa. Vinte anos depois, com outros mandatos e mais experiência, volto a esta mesma Câmara Municipal para prestar contas de tudo o que fizemos nos últimos seis anos do meu mandato de Senador em Brasília. Sou um municipalista convicto e tenho certeza de que, ao fazer esse balanço geral nesta Casa, estou prestando contas ao povo macapaense. E assim procederei, até o final deste ano, apresentando números, recursos, projetos e obras nas outras câmaras municipais do Amapá", disse Davi.

Pavimentação

O senador informou que, ainda em 2019, conseguiu liberar mais de R$ 100 milhões para o asfaltamento de diversas vias e bairros de Macapá. E adiantou que muitos desses serviços ainda estão em execução.

Saúde

Davi ressaltou o sucesso do programa Mais Visão, idealizado e viabilizado por ele, que já realizou mais de 200 mil atendimentos em um ano de funcionamento. O programa é gerido pelo governo do Estado em parceria com os Capuchinhos. Davi destinou recursos superiores a R$ 30 milhões.

"O Mais Visão é um programa 100% do SUS. Todos os procedimentos são feitos de acordo com a tabela do Sistema Único de Saúde", esclareceu o senador.

Ainda na saúde, ele contabilizou a aquisição de 3 UTI’s móveis para Macapá e mais 4 para o Samu, que é do Estado, mas atende a capital.

Novo Pronto Socorro

O novo Pronto Socorro mereceu destaque especial. Além de conseguir recursos no valor de R$ 100 milhões, já empenhados, Davi conseguiu a doação da área do Exército para abrigar o hospital e, também, o projeto arquitetônico, presente do então prefeito de Salvador, ACM Neto. Davi explicou que está cumprindo as exigências burocráticas para que, no início de 2022, a ordem de serviço seja assinada. O hospital, moderno e com equipamentos novos, terá 100 leitos.

De tudo, um pouco

O senador também citou o Shopping Popular, as arenas de grama sintética, a usina de oxigênio, cilindros, o programa Norte Conectado, o programa Luz para Amazônia (serão investidos mais de R$ 100 milhões), o recurso de R$ 4 milhões para a reforma do trapiche Eliezer Levy, com a cessão da área do governo do Estado à prefeitura de Macapá.

Estádio revitalizado

Na prestação de contas, Davi computou a revitalização do estádio municipal Glicério de Souza Marques. A obra, para a qual foram destinados R$ 11 milhões, está sendo executada, sendo que 70% da primeira etapa já estão quase prontos.

Arenas poliesportivas

Na Câmara de Vereadores, Davi falou das 16 arenas poliesportivas e de gramado sintético, as quais o mandato dele destinos recursos. Diversos bairros foram ou serão beneficiados, isto porque 6 arenas já foram entregues: Zerão, Muca, Novo Buritizal, Pantanal, Santa Inês e Zerão II. Outras 4 arenas serão entregues ainda este ano: Chico Noé, Boné Azul, Murici e Fazendinha). E ainda há outras 6 quadras em andamento, cujas obras vão começar logo: Jardim II, Novo Horizonte, Nossa Senhora de Fátima, Nova Esperança, Lago da Vaca). Para essas obras foram destinados recursos de R$ 14 milhões. Outras arenas aguardam a finalização dos projetos: Curiau, Santo Antônio da Pedreira, São Joaquim do Pacuí, Coração, Perpétuo Socorro e Praça da Conceição.

Educação

Davi assinalou que, ao longo dos 6 anos de mandato, não descuidou de uma questão essencial para a formação do país que queremos ser: Educação. O senador mostrou, com gráficos e planilhas, que destinou a Macapá mais de R$ 25 milhões para a reforma e construção de escolas, bem como mobiliário, equipamentos e demais atividades de manutenção e custeio.

Máquinas e equipamentos

Davi disse que na próxima segunda-feira (4/10) haverá a entrega de 28 máquinas para Macapá. São equipamentos como tratores, caminhões, motoniveladoras, retroescavadeiras, pá-carregadeira e escavadora hidráulica.

Trabalho em todas as áreas

"Ao longo desses seis anos, a gente vem trabalhando em todas as áreas. Prova disso é que nunca faltou recurso para a saúde nesta pandemia, porque conseguimos mobilizar o apoio do governo federal. Ao prestar conta do meu mandato aos vereadores, estou mostrando aos macapaenses o fruto do nosso trabalho", afirmou o senador.

Articulação

Conciliador, com trânsito privilegiado na esplanada dos ministérios e grande capacidade de articulação, Davi Alcolumbre é recordista de recursos para todo o Amapá. E, ainda, conseguiu a façanha de ser o primeiro amapaense a presidir o Congresso Nacional e o Senado Federal, sendo o senador mais jovem a desempenhar a função.

Presentes

O ex-prefeito de Macapá, Clécio Luiz; deputado federal Pedro da Lua (PSDB); deputado Paulo Lemos (Psol); e o secretário de estado de Desenvolvimento das Cidades, Luiz Carlos, também acompanharam a prestação de contas que Davi apresentou na Câmara Municipal de Macapá.

Ascom/Davi Alcolumbre/Secom/CMM