CMM aprova PL que institui 17 de maio Dia Municipal de Combate a LGBTFOBIA

por Sec. Comunicação publicado 24/06/2022 14h23, última modificação 24/06/2022 14h23

A Câmara Municipal de Macapá aprovou, por unanimidade, durante a 28ª. Sessão Ordinária desta quinta-feira (23), o Projeto de Lei 035/22-CMM, de autoria das vereadoras Luany Favacho (PROS), Maraína Martins (PL), Adrianna Ramos (PSC) e Janete Capiberibe (PSB), que “Pune nos qualquer ato discriminatório com base na orientação sexual do indivíduo e institui o dia 17 de maio como o Dia Municipal de Combate a LGBTFOBIA, no âmbito do município de Macapá.

Conforme a vereadora Luany Favacho, a partir da sanção do Executivo, o “17 de Maio” passa a integrar o calendário de eventos do município de Macapá, assim como as entidades que atuam no combate à discriminação sexual poderão manifestar-se através de eventos, campanhas, seminários, palestras ... a fim de reforçar a luta por mais respeito.

“Preconceito não é opinião, é crime. Respeito, não é questão de opinião. É de Justiça. Viva o ser humano, Viva o respeito e viva o amor”, concluiu a vereadora.

A sessão contou com a presença do coordenador municipal de Políticas de Diversidade, Édem Jardim e várias lideranças ligadas ao movimento de enfrentamento e combate a LGBTFOBIA.

Ascom/Luany Favacho
Fotos: Rosivaldo Nascimento e Jaciguara Cruz