Câmara Municipal de Macapá participa da Blitz Sinal Vermelho Contra a Violência Doméstica

por Sec. Comunicação publicado 22/08/2021 17h23, última modificação 22/08/2021 17h23

Em adesão a campanha Agosto Lilás, a Câmara Municipal de Macapá participou nesta sexta-feira, 20 de agosto, da Blitz Sinal Vermelho Contra a Violência Doméstica. A ação de conscientização, promovida pelo Tribunal de Justiça do Amapá e parceiros, se concentrou na esquina da Rua Leopoldo Machado com Avenida Padre Júlio, no Centro.

A proposta é incentivar a sociedade no combate a violência contra a mulher, além de estimular a elaboração e aprovação de políticas públicas que proteja e ampare a mulher, vítima de violência.

Adesão - A vereadora Maraína Martins (Podemos), atual presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher (CDDM), destaca que participar da Blitz Sinal Vermelho, demonstra o compromisso da Câmara de Vereadores de Macapá, especialmente das quatro parlamentares, no enfrentamento a violência contra a mulher. “O importante é que esta mulher saiba que ela não estar sozinha”, reforça Maraína Martins.

Já a vereadora Adrianna Ramos (PSC), que vai assumir à Procuradoria Especial da Mulher da CMM, diz que a campanha Agosto Lilás, serve como referência e exige dos agentes públicos, ações mais efetivas e amplas no combate a violência contra a mulher. “É impresncindivel que campanha Agosto Lilás chegue a todas as mulheres. E que os casos de violência doméstica ou familiar chegue as autoridades policiais. Não se cale, toda vez que você presenciar ou receber uma denúncia de violência contra a mulher, denuncie. Faça valer a Lei Maria da Penha. Não Se Cale Disque 180”, completa Adrianna Ramos.

Integram a Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher (CDDM) da Câmara Municipal de Macapá: Maraína Martins (Podemos), Adrianna Ramos (PSC), Janete Capiberibe (PSB), Luany Favacho (PROS) e o vereador Paulo Nery (Cidadania).

Secom/CMM
Fotos: Jaciguara Cruz