Adrianna Ramos quer escola municipal com recursos multifuncionais para atendimento educacional especializado

por Sec. Comunicação publicado 09/04/2021 17h52, última modificação 09/04/2021 17h52

A vereadora Adrianna Ramos (PSC) aprovou quatro requerimentos na sessão ordinária em ambiente virtual da Câmara Municipal de Macapá desta quinta-feira, 8 de abril, atendendo demandas da comunidade.

Em uma das proposituras, a parlamentar solicita à secretaria municipal da Educação (Semed) que proceda estudos técnicos de viabilidade para implantação de uma escola municipal com recursos multifuncionais para Atendimento Educacional Especializado (AEE), na perspectiva da educação inclusiva, aos moldes do Centro Educacional Raimundo Nonato Dias Rodrigues, da rede pública estadual.

A proposta visa disponibilizar o ensino regular, da sala de aula comum e o referido atendimento especializado, para alunos com deficiência física, intelectual, visual, auditiva, múltiplas, não restringindo o público-alvo somente àqueles com transtornos do espectro autista (TEA), mas incluindo também alunos com altas habilidades ou superdotação, para complementar sua formação com conhecimentos e recursos específicos que eliminem as barreiras as quais impeçam ou limitem sua participação com autonomia no convívio social dentro e fora do ambiente escolar.

De acordo com a argumentação da vereadora, idealizar uma escola municipal com proposta semelhante a do Centro Educacional Raimundo Nonato Dias Rodrigues, mas cujo alcance vá além, dispondo de amplo atendimento especializado, e de estrutura física que ofereça condições para congregar tais atividades, é tentar suprir uma demanda que o atual centro não mais comporta, tendo em vista a expansão da nossa cidade e a importância de oferecer ensino com recursos pedagógicos e de acessibilidade à população com necessidades especiais.

“No mais, vale ressaltar que estes serviços e recursos asseguram condições de acesso ao currículo por meio da promoção da acessibilidade aos materiais didáticos”, destacou Adrianna Ramos.

Ascom/Adrianna Ramos